KDM_'s Life











{janeiro 8, 2013}   Dia Nacional Do Yaoi

Olá. Estamos comemorando hoje o dia do yaoi e a Blyme sugeriu uma blogagem coletiva, então, aqui vamos nós.

Como boa escorpiana que sou (possessiva ao extremo), adoro mangás que mostrem relação de posse entre o Seme e o Uke, independente de ser por dívida, casamento arranjado ou até mesmo prostituição. Adoro também seres criados “artificialmente” tipo robôs perfeitos, bonecas e etc, dessa forma aqui vão alguns dos meus mangás favoritos (não necessariamente nessa ordem) e outros mangas que em geral mostram esses temas:

ZE – Yuki Shimizu

ZE07_1024_768

Este mangá é sem dúvida alguma O meu favorito. ZE conta a história de pessoas que conseguem usar “kotodama”, o poder de fazer o que você diz acontecer (todas as mães devem ter esse poder) mas quando usam seus poderes elas se machucam fisicamente e para isso usam os “kami” (literalmente: papel) que são seres criados para absorver esse dano físico. Os kami são sempre do mesmo sexo que o usuário de kotodama e se não forem usados por seus mestres acabam morrendo. Só pela ideia da história eu já achei super interessante e não me decepcionei, o mangá é super bem elaborado e profundo.

Okane Ga Nai (No Money) – Hitoyo Shinozaki e Tohru Kousaka

OGN5

Kanou é um empresário rico e sem compaixão que compra Ayase em um leilão de pessoas por uma quantia exorbitante de dinheiro. Agora Ayase tem que pagá-lo com sexo. Algo aconteceu entre eles no passado mas o pobre uke não consegue se lembrar. Embora eu não goste muito da arte deste manga a história é exatamente do tipo que eu gosto.

Ai no Kusabi – Rieko Yoshihara

AiNoKusabi4

Bom, esse é um anime, nele o loiro Iason (de uma classe social suprema no universo do anime) faz de Riki seu “animal e estimação”. É meu anime yaoi favorito, tanto que até baixei as novels. O remake 2012 é mais bonito, no entanto a história não está completa como na primeira versão.

Hanayomi-kun – Hoshino Lily

tumblr_m9in4s1IJL1rx8973o1_r1_500

Por uma tradição familiar quando o filho mais velho se casa e tem um filho homem os filhos mais novos do sexo masculino devem casar-se com homens escolhidos pela família para que não haja brigas sobre quem vai assumir os negócios a família.

Mamiya Doll House – Mishima Kazuhiko

9781569701652

Há uma casa de bonecas especializada em criar bonecas extremamente humanas, que incluem: calor corporal, sangue, sentimentos e é claro excitação. As pessoas compram suas bonecas pelos mais diversos motivos e algumas dessas histórias são mostradas no manga.

Tea House

valentine_by_teahousecomic-d39ldcq

http://www.teahousecomic.com/

Não é um mangá e sim um comic. A história se passa em um bordel onde há tanto prostitutas quanto gigolôs e clientes de todos os tipos. As páginas são todas coloridas e bem desenhadas, com todos os detalhes possíveis, no entanto, só lançam uma página por semana, então, se você é do tipo impaciente só vai passar raiva com essa página.

Boys Next Door –  Kaori Yuki

boysnextdoorcover_20120410_2056587990

Direto dos meus favoritos, Boys Next Door fala sobre um assassino de gigolôs e prostitutas que acaba se apaixonando por um deles.  O mangá é lindo, bem desenhado e o tema é forte, profundo e afundado no drama.

Hoshi no Yakata – Tori Maia

hoshi_no_yakata_v01_extra_26

O mangá é ambientado em um clube de sadomasoquismo, o traço é lindíssimo e…precisa dizer mais alguma coisa?

BÔNUS

Estes mangás não tem muito a ver com o que eu leio em geral mas estão entre os meus favoritos.

“Chou Ni Naru Hi” e “Dousaibou seibutsu” – Sumomo Yumeka

__chou_ni_naru_hi___by_lishtar

538396_321132311292710_1279712197_n

Esse não dá pra explicar, só lendo pra saber. Tudo que posso dizer é: esperem por um monte de “oooooown” e lágrimas.

Bom, é isso.

(KDM_, 0 801 2013, pensando em yaoi)



et cetera