KDM_'s Life











{janeiro 8, 2013}   Dia Nacional Do Yaoi

Olá. Estamos comemorando hoje o dia do yaoi e a Blyme sugeriu uma blogagem coletiva, então, aqui vamos nós.

Como boa escorpiana que sou (possessiva ao extremo), adoro mangás que mostrem relação de posse entre o Seme e o Uke, independente de ser por dívida, casamento arranjado ou até mesmo prostituição. Adoro também seres criados “artificialmente” tipo robôs perfeitos, bonecas e etc, dessa forma aqui vão alguns dos meus mangás favoritos (não necessariamente nessa ordem) e outros mangas que em geral mostram esses temas:

ZE – Yuki Shimizu

ZE07_1024_768

Este mangá é sem dúvida alguma O meu favorito. ZE conta a história de pessoas que conseguem usar “kotodama”, o poder de fazer o que você diz acontecer (todas as mães devem ter esse poder) mas quando usam seus poderes elas se machucam fisicamente e para isso usam os “kami” (literalmente: papel) que são seres criados para absorver esse dano físico. Os kami são sempre do mesmo sexo que o usuário de kotodama e se não forem usados por seus mestres acabam morrendo. Só pela ideia da história eu já achei super interessante e não me decepcionei, o mangá é super bem elaborado e profundo.

Okane Ga Nai (No Money) – Hitoyo Shinozaki e Tohru Kousaka

OGN5

Kanou é um empresário rico e sem compaixão que compra Ayase em um leilão de pessoas por uma quantia exorbitante de dinheiro. Agora Ayase tem que pagá-lo com sexo. Algo aconteceu entre eles no passado mas o pobre uke não consegue se lembrar. Embora eu não goste muito da arte deste manga a história é exatamente do tipo que eu gosto.

Ai no Kusabi – Rieko Yoshihara

AiNoKusabi4

Bom, esse é um anime, nele o loiro Iason (de uma classe social suprema no universo do anime) faz de Riki seu “animal e estimação”. É meu anime yaoi favorito, tanto que até baixei as novels. O remake 2012 é mais bonito, no entanto a história não está completa como na primeira versão.

Hanayomi-kun – Hoshino Lily

tumblr_m9in4s1IJL1rx8973o1_r1_500

Por uma tradição familiar quando o filho mais velho se casa e tem um filho homem os filhos mais novos do sexo masculino devem casar-se com homens escolhidos pela família para que não haja brigas sobre quem vai assumir os negócios a família.

Mamiya Doll House – Mishima Kazuhiko

9781569701652

Há uma casa de bonecas especializada em criar bonecas extremamente humanas, que incluem: calor corporal, sangue, sentimentos e é claro excitação. As pessoas compram suas bonecas pelos mais diversos motivos e algumas dessas histórias são mostradas no manga.

Tea House

valentine_by_teahousecomic-d39ldcq

http://www.teahousecomic.com/

Não é um mangá e sim um comic. A história se passa em um bordel onde há tanto prostitutas quanto gigolôs e clientes de todos os tipos. As páginas são todas coloridas e bem desenhadas, com todos os detalhes possíveis, no entanto, só lançam uma página por semana, então, se você é do tipo impaciente só vai passar raiva com essa página.

Boys Next Door –  Kaori Yuki

boysnextdoorcover_20120410_2056587990

Direto dos meus favoritos, Boys Next Door fala sobre um assassino de gigolôs e prostitutas que acaba se apaixonando por um deles.  O mangá é lindo, bem desenhado e o tema é forte, profundo e afundado no drama.

Hoshi no Yakata – Tori Maia

hoshi_no_yakata_v01_extra_26

O mangá é ambientado em um clube de sadomasoquismo, o traço é lindíssimo e…precisa dizer mais alguma coisa?

BÔNUS

Estes mangás não tem muito a ver com o que eu leio em geral mas estão entre os meus favoritos.

“Chou Ni Naru Hi” e “Dousaibou seibutsu” – Sumomo Yumeka

__chou_ni_naru_hi___by_lishtar

538396_321132311292710_1279712197_n

Esse não dá pra explicar, só lendo pra saber. Tudo que posso dizer é: esperem por um monte de “oooooown” e lágrimas.

Bom, é isso.

(KDM_, 0 801 2013, pensando em yaoi)

Anúncios


😀 muito bons os mangahs q vc escolheu!!!!!!!!! ❤



Li quase todos os mangás listados no post, gostei da maioria. Ai no kusabi eu fui apresentada primeiro à versão 2012, me encantei com a animação perfeita! Mas fiquei triste de não estar completo, fui então atrás da versão antiga, ambas são boas. O final é trágico, mas eu achei bonito. Quero ler a novel qualquer dia. 😀
Eu sempre gosto dos mangás da Sumomo Yumeka, seja pelo traço ou pelas histórias que tendem a ser dramas super bem escritos. Chorei muitas vezes com mangás dela! Recomendo os shoujos que ela escreve também, mas aí ela usa outro pseudônimo “Sahara Mizu”.
Feliz dia do Yaoi! ;D



lylikouga says:

Nossa, quanto manga com tema pesado XD adoro Ze, e amo Okane ga Nai, li recentemente Mamiya Dolls House e amei. É bom ler mangas com temas mais profundos de vez em quando, sair desse melzinho todo, da glicose de sempre, sentir aquele aperto no peito! Tão lindo! Feliz dia do Yaoi!



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

et cetera
%d blogueiros gostam disto: